• Zona Leste

A Historia

Se você está fora do entre rios paulistano, encontrar locais para comer, beber e se divertir pode ser um desafio. Na capital mundial da gastronomia, os restaurantes ícones ocupam o centro. Assim como as melhores baladas, e os bares mais renomados. Mas será que não dá para curtir na quebrada? Região de constantes transformações, sobretudo na última década, a Zona Leste é um rio de histórias. Crucial às explorações lusitanas, à industrialização da capital e à acomodação da onda imigratória que a cidade recebeu no século passado, a área luta para pleitear lugar como pico de diversão da cidade.

A Historia

Na cultura popular

A Zona Leste de São Paulo é constantemente desconceituada por conta das habitações precárias (as chamadas malocas, dando origem ao termo depreciativo maloqueiro, referindo-se aos moradores destes tipos de moradias) e dos altos índices de pobreza e criminalidade relativas existentes na região. A presença da sede oficial do clube de futebol Corinthians no bairro do Tatuapé e a Arena Corinthians em Itaquera, ambos bairros da Zona Leste, é um dos principais motivos da forte identificação de grande parte dos moradores da região com a instituição e fazem com que haja uma forte ligação, dentro do imaginário popular, entre os moradores da Zona Leste os torcedores da equipe paulista. Outro clube conhecido do futebol paulista, que tem a sua sede social e o seu estádio situado na Zona Leste, é o Juventus da Mooca. Na linguagem coloquial, a Zona Leste é frequentemente designada pela sigla ZL.

Na cultura popular